O outro lado do sapateado
Humberto Slowik

Gazeta do Povo
Curitiba, 30/08/2000

"Concebido para espaços pequenos - havia o interesse em criar um clima de cabaré, que poderia ser reproduzido em bares -, Tá no Pé conta com a diversidade de gêneros musicais em seu cardápio. Rock, funk, jazz, baião e clues são interpretados, com o intuito de fugir da repetiçnao rítmica e, por tabela, mostrar a profundidade da técnica de Chamecki."